Análises Ergonomicas

Por: Proderg Ergonomia S/C Ltda  28/01/2010
Palavras-chave: Análise Ergonomica

 Pré-análise: aplicação de check list específico para definição das demandas físicas, psíquicas e cognitivas e aplicação do questionário bipolar que visa levantar as “demandas ocultas”, objetivando a definição das demandas críticas e recorrente solicitação da AET (Análise Ergonômica do Trabalho). O manual de aplicação da NR17, deixa claro que AET´s somente devem ser aplicadas onde houver demanda, e cita pré análises como uma ferramenta útil para este fim.
 AET (Análise Ergonômica do Trabalho): Utilização de metodologia avançada para definição das criticidades envolvendo as demandas físicas, psíquicas e cognitivas. Material de acordo com critérios mínimos exigidos pelo manual de aplicação da NR17. Estudo profundo que utiliza entrevista com engenharia, supervisão, área médica e trabalhadores, estabelece através de recomendações confiáveis de ergonomistas com especialização e experiência comprovada. A PRODERG possui mais de 20.000 análises aplicadas em atividades de escritórios, navais, aeronáutica, mineração, automobilística, autopeças, telefonia, construção civil pesada, etc. A AET PRODERG aborda elementos pouco explorados, porém fundamentais para a compreensão das demandas no trabalho, tais como: posturais, organizacionais, arquiteturais, naturais, psiconeurofisiológicos, acidentais, ambientais, etc. 
Análise de NEXO: Análise realizada por médico PRODERG, especialista em ergonomia e expert na definição da existência ou não do nexo. Após a publicação do NTEP (Nexo Técnico Epidemiológico), cabe a empresa comprovar a não responsabilidade sobre a queixa, num período que não deverá ultrapassar 15 dias. Ressaltamos que a incidência de emissões sucessivas de CAT´s (Comunicação de Acidentes do Trabalho), poderá através do SAT, aumentar o percentual de pagamento sobre a folha de pagamento da empresa. 
Análise de Projetos: Avaliação de propostas em fase conceitual ou desenho técnico, objetivando levantar as não conformidades ergonômicas e recorrente elaboração de relatório técnico descritivo das intervenções necessárias para adequação do projeto ao homem. 
Análise para implementação de novos sistemas: estudo da organização do trabalho de empresas que buscam avaliar alternativas para mudar a forma de produção, assim como o impacto que novas tecnologias poderão ocasionar em seus trabalhadores. Por exemplo, mudar de sistema linear para celular ou implementação de times auto gerenciados, Lean Manufacturing, Kaizen, etc. Trata-se de uma análise fundamental para a troca de tecnologias ou formas de produção.

Palavras-chave: Análise Ergonomica

Contatar Proderg Ergonomia S/C Ltda

Email

Imprimir esta Página