TEF ou POS, o que é melhor para minha loja?

Por: Rodolfo de Lucena - Gateway de Pagamentos, Conciliação, Anti-fraude, Recorrência, Monitoramento, Suporte e projetos especiais para a área de pagamento  25/04/2012
Palavras-chave: Gateway De Pagamentos, Anti-Fraude

TEF ou POS, eis a questão.


Aceitar cartões de crédito em um estabelecimento comercial hoje é inevitável para qualquer comerciante. O volume de crescimento de cartões de crédito em cinco anos foi de 94,9%, e tende a crescer cada vez mais. Existem hoje duas formas de uma loja implantar cartões de crédito e fazer a comunicação com as administradoras de cartões. A mais comum entre os pequenos e médios comércios é o uso dos POS, aparelhos alugados pelas administradoras, um de cada bandeira que conectados a uma linha telefônica fazem a comunicação e finalizam a transação financeira, processo que demora cerca de um minuto, o que é considerado alto para uma empresa que possui caixas movimentados. A outra forma é através do uso do TEF (transferência eletrônica de fundos), que consiste em possuir somente um aparelho que integra todas as bandeiras de cartões para efetuar as transações.


Esse sistema parece muito simples e mais barato que o uso de POS, pois à partir do momento que a empresa possui um pin pad próprio ela deixa de pagar o aluguel mensal das máquinas, e é ai que muitos comerciantes se enganam. Implantar um sistema de TEF em um estabelecimento comercial gera diversos custos que vão alem do preço da maquineta. O TEF é um software de uso obrigatório por lei para todos os estabelecimentos comerciais que usam impressora fiscal no caixa, ou seja, as empresas que faturam anualmente valor acima de R$ 120.000,00 precisam por exigência, imprimir o comprovante financeito da transação no cupom fiscal da venda, afim de que o fisco consiga controlar o faturamento real via cartão de crédito que foi obtido pelo estabelecimento.


Para implantar todo o sistema, a empresa precisa do software de frente de caixa, impressora fiscal, TEF, e por último o aparelho, que seria o mais barato dessa relação, Existem dois tipos de

TEF, o discado, que trabalha com uma linha telefônica comum, que faz uma conexão similar a internet discada, e o dedicado, que usa uma linha de banda larga para comunicar com as administradoras, o que reduz o tempo da transação para poucos segundos, além de não bloquear o uso da linha telefônica do estabelecimento.


O uso do TEF dedicado é recomendado para empresas que possuem mais de três caixas, onde o uso de diversos TEFs discados, sendo um por caixa, supera o custo do sistema de banda larga.

Muitas empresas centralizam os aparelhos em um local separado, gerando desconforto ao cliente ao precisar se deslocar para efetuar a transação.


Se todos os custos para implantação de um TEF forem mensurados, chagamos à conclusão de que ele é um sistema viável para estabelecimentos que já possuem o caixa automatizado. Caso a empresa não possua automação alguma, o custo para implantação do TEF não gera no curto prazo um retorno satisfatário, pois o máximo que será reduzido será o custo de aluguel das maquinetas, que deixa de existir, e o tempo de comunicação com as administradoras de cartão. Vale lembrar aos comerciantes que usam impressora fiscal que é obrigatório o uso de TEF em seu estabelecimento, e no caso de visita de uma fiscalização a loja pode ser autuada por quantidade de máquinas levando em consideração todos os meses em que o aparelho foi utilizado, de acordo com o decreto 17.451/04, essa lei é valida desde 2004 em âmbito nacional.


Assim, para o pequeno comerciante que ainda esta pensando em automatizar o negócio continuar com o POS é o ideal, porem para os comércio maiores e já automatizados o ideal é se regularizar e possui o TEF ativo na loja, para, melhorar e agilizar seu serviço e principalmente para trabalhar dentro das exigências do fisco.

Palavras-chave: Anti-Fraude, Gateway De Pagamentos

Contatar Rodolfo de Lucena - Gateway de Pagamentos, Conciliação, Anti-fraude, Recorrência, Monitoramento, Suporte e projetos especiais para a área de pagamento

Email

Imprimir esta Página

Outros produtos e serviços de Rodolfo de Lucena - Gateway de Pagamentos, Conciliação, Anti-fraude, Recorrência, Monitoramento, Suporte e projetos especiais para a área de pagamento

22/09/2012

Conciliação de Cartão de Crédito

Automatiza todo o processo de conciliação de transações de cartão de crédito para transações presenciais e não presenciais. Esta


22/09/2012

Conciliação de Cartão de Crédito

Automatiza todo o processo de conciliação de transações de cartão de crédito para transações presenciais e não presenciais. Esta


22/09/2012

Gateway de Pagamento

Soluções inteligentes   entre elas o Gateway de Pagamento para o processamento de transações à vista e parceladas não-presenciais,


24/04/2012

O comércio eletrônico é sustentado por três grandes pilares.

Para obter eficiência nestes três pilares é necessário percorrer um grande caminho: Definir seus produtos, criar uma marca e


24/04/2012

Plataforma de operação do e-commerce

Após análise de mercado e definições de produtos, a fase mais importante do desenvolvimento de um empreendimento de comércio


23/04/2012

O temido Chargeback

No comércio eletrônico há a necessidade de saber se o comprador virtual é ele mesmo. A inibição das fraudes é fundamental para assegurar a saúde financeira da loja virtual, uma vez que parte dos prejuizos causados por fraudadores recai sobre o lojista. Chargeback (que em português significa "estorno") é o cancelamento feito pela administradora do cartão de uma venda feita com cartão de débito ou crédito, que pode acontecer pelo não reconhecimento da compra por parte do titular do cart


23/04/2012

O que são Gateways de Pagamento?

Gateways de Pagamento são interfaces utilizadas por empresas de e-commerce que servem para a transmissão de dados entre clientes,


23/04/2012

Full BPO (Business Process Outsourcing) UOLDIVEO PBC (Payment Business Center)

Full BPO (Business Process Outsourcing) baseado em plataforma única de serviços a pagamentos, "esta oferta envolve serviços e soluções integrados como Gateway de Pagamentos, Conciliação, Anti-fraude, Recorrência, monitoramento, Suporte e projetos especiais para a área de pagamentos. Essa integração torna mais fácil a gestão de pagamentos online com a melhoria da eficiência operacional e financeira dos processos".


04/10/2011

Desafios do Crescimento

Flexibilidade de fluxo de caixa é essencial. A possibilidade de gerar previsões financeiras com rapidez e precisão também é crucial. Quando você tem controle sobre o fluxo de caixa e a previsão, é possível consolidar a vantagem competitiva e melhorar a capacidade de reação aos desafios internos e às dinâmicas de mercado.



22/09/2011

A solução global

Possivel realizar o planejamento de necessidades futuras, controle da capacidade produtiva, de estoque (matérias primas, semiacabados, produtos finais), programação das atividades de produção, recursos alocdos por setor e previsão dos prazos de produção e entrega.




12/09/2011

A Evolução dos ERP

 ERP + BSC + BPM