Mudanças no Microsoft Dynamics AX 2012

Por: Rodolfo de Lucena - Gateway de Pagamentos, Conciliação, Anti-fraude, Recorrência, Monitoramento, Suporte e projetos especiais para a área de pagamento  10/08/2011
Palavras-chave: Business Process Management - Gerenciamento de Processos de Negócios

 

Com o lançamento oficial do Microsoft Dynamics AX 2012 para o mês de Setembro

Apresentação geral de algumas mudanças importantes da versão atual para a que virá.

Plataformas:

No lado do cliente, O Windows XP não será mais suportado. Dada a história conturbada do Vista, isso significa que a maioria das empresas com o cliente instalado irá atualizar para o Windows 7.

No lado do servidor, Windows Server 2003 e SQL Server 2005 não são mais suportados.

Para o Enterprise Portal, os seguintes browsers são suportados, implicitamente:
  • Internet Explorer 6 e7
  • Firofox 2.0 e 3.0
  • Apple Safári (Todas as versões)

O servidor Enterprise Portal deve ser instalado em um sistema operacional de 64 bits e não é compatível com o Windows SharePoint Service 3.0 ou Office SharePoint Server 2007.

Para o desenvolvimento de plug-ins e extensões, os desenvolvedores não poderão usar runtimes anteriores ao .Net 4.0 ou C ++ 2008 SP 1.

Alterações nos Bancos de Dados

Como mencionado acima, a Oracle não pode mais ser usado como banco de dados subjacente. Microsoft espera ganhar melhorias de desempenho por meio de códigos escrito, que tem como alvo uma versão específica do SQL Server em vez de escrever mais superficialmente, como um código cross-platform.

Em versões anteriores as relações entre tabelas eram armazenados (EDT). O uso de EDT’s criava problemas quando duas tabelas tinham mais de uma relação ou um relacionamento exigia uma chave composta. Relacionamentos agora são armazenados como metadados sob o nó de “Relations” de cada tabela.
Há também um novo tipo de relacionamento conhecida como “Table Inheritance”. Herança de tabela é projetado para funcionar como a herança de classe encontradas como C++ e C#. Esse recurso não pode ser ignorado, uma vez que a Microsoft já começou a se para tirar proveito disso, atualizando as consultas SQL adequadamente. No lado positivo, JOIN’s menos explícitos serão necessários no X++.
Um ponto interessante é que tabelas desativadas não serão deletadas permanentemente. Apesar de não encontrarem-se disponíveis no Microsoft Dynamics AX, ela poderá ser acessada diretamente no SQL Server para consulta.
Serviços e AIF são usados principalmente para a integração baseada Dynamics AX espera que todos os dados de importação / exportação para operações estarão em um formato XML específico. Com a edição 2012 os desenvolvedores vão finalmente serem capaz de suportar os formatos não-XML. Isto é feito através de um binário. NET que traduz os dados para dentro ou fora de XML.
A dedicação da Microsoft para o Windows Communication Foundation é refletida nessa área da plataforma. O propósito do MSMQ e BizTalk estão sendo substituídos pelas “funcionalidades nativas do WCF”.
O Microsoft Dynamics AX está se movendo de um estilo de permissão explícita (usuários e grupos do Windows) para um modelo de segurança baseado ponto de vista do desenvolvedor isso não vai mudar muito. Muito mais interessante são as melhorias na segurança de dados.
Anteriormente, o modelo de segurança de dados foi nada além de fumaça e espelhos. Todas as informações supostamente restritas eram enviadas para o cliente e simplesmente filtradas na tela. Com o novo modelo os dados são filtrados no servidor.
Filtragem de dados também são mais flexíveis agora. Dados de regras de filtragem podem agora ter em conta dados encontrados em tabelas diferentes
Parece que nenhuma plataforma ERP pode realizar um grande upgrade sem quebrar o modelo de relatório. Com o AX não é exceção. O Microsoft Dynamics AX 2012 mudará dos seus Report Services internos para o SQL Server Reporting Services. Enquanto a maioria dos relatórios internos foram convertidos, relatórios personalizados não serão atualizados. A preocupação especial é a depreciação dos relatórios X++. Enquanto parece que eles continuarão a ser executados, a Microsoft recomenda que eles sejam reescritos como relatórios SQL Server Reporting Services. Os motivos citados para depreciar os relatórios X++ incluem a falta de gráficos e da incapacidade para incluir fontes de dados não-Dynamics AX nos relatórios.
Perceba que o X++ em si não está sendo depreciado. Ele pode ser usado para o classes Report Data Provider, que são introduzidos em relatórios personalizados. Além de X++ e SQL Server Reporting Services, os desenvolvedores do relatório também vão precisar aprender a trabalhar com o PowerShell, uma vez que substitui o “Reporting Project Deployment Tool” como o caminho para implantar relatórios.
“Reporting Tools and Microsoft Dynamics AX Enterprise Portal Tools” não estão mais disponíveis e serão substituídos por “Microsoft Visual Studio Tools”.

O editor embutido para X++ foi substituído pelo Visual Studio 2010. “Embora a extensão do roteiro editor ainda é suportado, extensões para a interface do usuário editor legado não são mais suportados.”
SourceSafe foi depreciado, mas não removido. A partir desta versão os desenvolvedores devem usar Team Foundation Server.
Todo a API X++ do fluxo de trabalho foi substituído por um novo fluxo de trabalho gerenciado. No momento da publicação não fomos capazes de descobrir mais informações sobre o novo modelo do fluxo de trabalho, se é ou não baseado em Windows .NET Workflow Foundation.
Infelizmente, há muitas mudanças nesta área de mencionar. Com praticamente todos os módulos submetidos a grandes mudanças, depreciados ou removido, os desenvolvedores terão que testar novamente e registrar todos os aspectos da sua instalação. Em suma, este não vai ser um upgrade fácil.
Bem pessoal, essa á uma visão geral das principais alterações do Microsoft Dynamics AX 2012. Caso saibam de mais alguma coisa, não deixem de compartilhar

Palavras-chave: Business Process Management - Gerenciamento de Processos de Negócios

Contatar Rodolfo de Lucena - Gateway de Pagamentos, Conciliação, Anti-fraude, Recorrência, Monitoramento, Suporte e projetos especiais para a área de pagamento

Email

Imprimir esta Página

Outras notícias e atualizações da Rodolfo de Lucena - Gateway de Pagamentos, Conciliação, Anti-fraude, Recorrência, Monitoramento, Suporte e projetos especiais para a área de pagamento

14/09/2011

Soluções de gerenciamento de Projetos: Microsoft Dynamics

 Gestão Empresarial - ERP - BI - BPM - BSC


10/08/2011

Mudanças no Microsoft Dynamics AX 2012

  o lançamento oficial do Microsoft Dynamics AX 2012 para o mês de Setembro Apresentação geral de algumas mudanças importantes