Primeiros Socorros APH Atendimento Pré Hospitalar Pediátrico a Adulto

Primeiros Socorros APH   Atendimento  Pré Hospitalar Pediátrico a Adulto de rescuecursos

Por: rescuecursos  29/09/2009
Palavras-chave: Engenharia, construção civil, Cipa

 

Curso APH – Atendimento Pré-Hospitalar (Primeiros Socorros), Pediátrico a Adulto – 16 horas/aula

 Em conformidade com a  Portaria 05/11/2002 RESOLUÇÃO CFM Nº 1.671, DE 9 DE JULHO DE 2003 )e totalmente  em acordo com o  MANUAL DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES E PRIMEIROS SOCORROS NAS ESCOLAS PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO - SECRETARIA MUNICIPAL SAÚDE. Em conformidade com o  DECRETO Nº 45.986, DE 16 DE JUNHO 2005 Regulamenta a Lei Nº 13.780, de 11/02/ 2004, que dispõe sobre a criação do programa municipal de atenção à saúde escolar.

Objetivo

A melhor maneira para evitar acidentes é a prevenção. É bastante comum a criança colocar-se em situação de perigo. Sua curiosidade e a própria necessidade de aprendizado acabam colocando-a em risco.

Quando a criança  atinge a idade que o permite se locomover sozinho, é chegada a hora de mudarmos de lugar alguns objetos que ofereçam perigo, colocando-os em condições de difícil acesso para ele. A rotina de trabalho deverá ser alterada, exigindo agora de nossa parte mais cuidado.

É bom nos mantermos informados sobre os primeiros cuidados que devem ser tomados quando os acidentes acontecem.

A primeira providência é mantermos a calma, procurando ajudar a criança. Deve-se evitar culpá-la, como que se ela fosse totalmente responsável pelo fato, descarregando nela a agitação provocada pelo susto que nos envolve no momento. Toda criança necessita de muito carinho, compreensão e orientação.

Quando a criança cresce é muito natural que tenha certa curiosidade em torno do fogo provocado por produtos inflamáveis.

É aconselhável que lhes mostremos o perigo através de demonstrações práticas. Isso evitará que ela tente descobrir como funciona o fogo sozinha e se machuque. Um procedimento bastante positivo é o de advertir a criança dos riscos a que ficará exposta, caso venha a desobedecer a orientação que lhe está sendo passada.

Os acidentes mais comuns são proveniente do envolvimento da criança com o fogo, o veneno, o balde de água com sabão, as tomadas, o fio elétrico, a faca, a tesoura, as agulhas, o detergente, os remédios, o álcool, a tinta, a escada, a piscina e outros. Abaixo, falaremos dos principais acidentes e dos procedimentos que devemos tomar se isto vier a acontecer.

Publico Alvo:

O Curso foi especialmente desenvolvido para atendimento a Bebês, Crianças e Adolescentes, em Creches, Escolas, Evento, Clubes, é indicado também aos Pais, Responsáveis, babás, professores de nível maternal, Fundamental, ginásio e colegial, e publico em geral.

Seu objetivo é treinar os participantes com eficácia, afim de que saibam como agir na prevenção, e em casos de emergências com tranqüilidade, agilidade e segurança.

Conteúdo Programático:

- Idade, tamanho e resposta;

01) Acidentes nas Escolas

-  Principais Acidentes no Ambiente Escolar e seu Entorno

- Segurança no ambiente Escolar e seu Entorno

02) Princípios Fundamentais Primeiros Socorros

-  Primeiros Socorros

-  Mecanismo do Trauma

-  Avaliação Inicial da Vítima

03) Primeiros Socorros em Urgências Clínicas

- Parada Respiratória e Cardiorrespiratória

- Obstrução das Vias Aéreas por Corpo Estranho (Engasgo)

- Febre

- Sangramento Nasal

- Convulsão

- Desmaio

04) Primeiros Socorros em Acidentes

- Trauma Ocular

- Trauma Raquimedular(TRM)

- Trauma de Tórax

- Trauma Abdominal

- Trauma Músculo- Esquelético

- Ferimentos

- Queimaduras

- Afogamento, Resgate e Salvamento Aquático

- Intoxicações

- Choque Elétrico

- Acidentes com Animais

05) Urgências Odontológicas

Palavras-chave: Bombeiros, brigada de incendios, brigada eprevençao, Caldeiras, cinto de segurança, Cipa, Circunstâncias especiais de Primeiros Socorros, construção civil, Engenharia, epi,