Tratamento com estimulação magnética

Tratamento com estimulação magnética de Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (EMTr)

Por: Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (EMTr)  20/05/2010
Palavras-chave: Depressão, Psiquiatria, Antidepressivo

 A Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (também conhecida como EMTr) é uma nova técnica para o tratamento de doenças psiquiátricas. O objetivo da EMTr é estimular áreas específicas do cérebro, relacionadas à depressão e outras doenças. A estimulação é feita por meio de pulsos magnéticos gerados por um equipamento desenvolvido para esta técnica. A EMTr é um tratamento capaz de gerar mudanças controladas nos neurônios (células do sistema nervoso responsáveis pela condução do impulso nervoso) de regiões específicas do cérebro, ativando-os ou inibindo-os, de acordo com o objetivo terapêutico. O tratamento é feito por uma série de sessões em que o paciente recebe os estímulos. O número de sessões é determinado pelo psiquiatra que avalia cada caso. As aplicações devem ser conduzidas por um médico psiquiatra. A técnica não é invasiva e quase não apresenta efeitos colaterais, alguns pacientes sentem uma leve sensação de desconforto, principalmente nas primeiras sessões, e dor de cabeça passageira após as aplicações. Cada aplicação dura cerca de 30 minutos, as primeiras aplicações são realizadas diariamente, com intervalo aos domingos ou finais de semana.

Palavras-chave: Antidepressivo, Depressão, EMTr, Estimulação Magnética, Psiquiatria, Tratamento antidepressivo

Contatar Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (EMTr)

Email

Imprimir esta Página