Efeitos antidepressivos da estimulação magnética

Por: Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (EMTr)  17/10/2009
Palavras-chave: Terapia, Depressão, Antidepressivo

 Gershon e colaboradores publicaram, no ano de 2003, uma revisão de estudos utilizando estimulação magnética transcraniana de frequência rápida e concluíram que os maiores preditores de resposta positiva são o número de sessões (mais do que 10), a intensidade (100% do LM ou maiores) e o número de pulsos por sessão (mais do que 1.200 por sessão).

Palavras-chave: Antidepressivo, Depressão, EMTr, Estimulação Magnética, Terapia

Contatar Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (EMTr)

Email

Imprimir esta Página