Benefícios da Eletroconvulsoterapia

Benefícios da Eletroconvulsoterapia de Eletroconvulsoterapia - IPAN (Instituto de Pesquisas Avançadas em Neuroestimulação)

Por: Eletroconvulsoterapia - IPAN (Instituto de Pesquisas Avançadas em Neuroestimulação)  28/04/2010
Palavras-chave: Depressão, tratamento, Antidepressivo

A ECT é um método consagrado para o tratamento da depressão, mais eficaz que qualquer outra opção terapêutica, com índices de eficácia que chegam a 90%. Os principais estudos realizados mostraram a superioridade da ECT com relação ao tratamento com medicamentos, que apresentam eficácia entre 60 e 70%. Rápida resposta ao tratamento (geralmente após 8 aplicações). Tratamento seguro, feito em ambiente hospitalar e com liberação do paciente no mesmo dia. Nos casos de episódios depressivos primários, ou seja, onde há uma ausência de transtornos mentais comórbidos e ausência de doenças físicas, a taxa de remissão com a ECT foi estimada entre 80 e 90%. O tratamento é definido individualmente com cada paciente. A maior parte dos ensaios clínicos e estudos comparativos demonstrou que a ECT é eficaz em todos os tipos de depressão. Todas as pesquisas confirmam a superioridade da ECT “ativa” sobre a ECT “simulada”, quando pacientes são submetidos ao tratamento e outros à uma simulação. As aplicações são realizadas por médicos psiquiatras experientes. A cada sessão o profissional avalia junto ao paciente a evolução do tratamento. Após o tratamento inicial (de aproximadamente 12 sessões) o psiquiatra avalia se haverá e qual será o programa de manutenção

Palavras-chave: Antidepressivo, Depressão, Neuroestimulação, tratamento

Contatar Eletroconvulsoterapia - IPAN (Instituto de Pesquisas Avançadas em Neuroestimulação)

Email

Imprimir esta Página