O passo a passo para projetar sonhos e construir realidades.

O passo a passo para projetar sonhos e construir realidades. de FR Engenharia Arquitetura e Construções Ltda

Por: FR Engenharia Arquitetura e Construções Ltda  14/09/2011
Palavras-chave: Engenharia, arquitetura, Construções

    

Nos últimos anos o perfil dos brasileiros mudou muito, mas o sonho de ter a casa própria permanece. Na maioria das vezes a primeira casa construída é o lar para uma vida inteira, portanto os sonhos para se materializarem precisam ser planejados e estudados.  Quando se constrói uma família e se começa a pensar em um lar, temos que visualizar as necessidades atuais e futuras, cada pessoa tem um perfil e por isso cada residência deve ser projetada sob medida, atendendo todas as necessidades e anseios do morador.

Frequentemente nos deparamos com as seguintes situações: Vou comprar ou comprei um terreno e agora, por onde começo? Nesse caso pode-se dizer que as pessoas têm particularidades e possibilidades diferentes, mas o passo a passo a ser seguido não tem muitas variações.

O primeiro passo, se o lote ainda não foi adquirido, é checar a situação de regularidade das certidões e impostos, para saber se está tudo em conformidade com as leis. Depois deve-se analisar as características do bairro quanto a tranquilidade, vizinhança, atividades presentes, infra estrutura e comércio. A segurança é um dos quesitos que mais conta na escolha ideal atualmente, nesse caso morar em condomínios é uma boa opção para quem costuma ficar fora de casa o dia todo e quer mais segurança e comodidade.

Escolhido o lote deve-se procurar um profissional para dar início a execução dos projetos, geralmente um arquiteto. O arquiteto fará reuniões com o proprietário para conhecer o perfil da família, a partir disto, o mesmo elabora um programa de necessidades com todos os ambientes e espaços necessários. É possível estimar qual será a área construída da residência, se o cliente não estipular uma meta. O profissional também irá analisar as condições gerais do lote, é de praxe pedir a um agrimensor um estudo planialtimétrico do terreno para se conhecer as condições gerais topográficas do lote. Insolação, vizinhança e ventilação também são quesitos muito importantes. O arquiteto então apresentará ao proprietário um projeto preliminar da residência para a análise conjunta. Uma vez definido o projeto é possível estimar qual será o valor aproximado da obra e após a definição do projeto arquitetônico ele será submetido à aprovação da prefeitura municipal e condomínio, se for o caso.

Ao mesmo tempo em que ocorre a aprovação, o cliente precisa executar os projetos complementares de engenharia, ou seja, estruturas, instalações prediais elétricas e hidráulicas. Algumas empresas oferecem os serviços de arquitetura e engenharia de forma conjunta o que facilita a contratação, trazendo economia e o controle dos projetos por parte do cliente. O engenheiro calculista responsável pelo projeto estrutural deverá pedir uma sondagem do solo, para se conhecer a composição e estimar o tipo de fundação ideal. Os projetos estruturais costumam ser compostos por: fundações, pilares, colunas, vigas,etc. Ele também fará o projeto de instalações elétricas e hidráulicas baseando-se no projeto de luminotécnica do arquiteto (locações de tomadas, interruptores, luminárias, etc). As instalações hidráulicas são compostas de esgoto, drenagem de águas pluviais (telhado e piso), água fria e quente. Alguns profissionais elaboram listas de materiais (ferragem, concreto e formas, cabos, tomadas, tubulações, registros, etc) o que facilita o orçamento e as compras pelo proprietário.

Após a execução dos projetos pode-se contratar a mão de obra que deve ser acompanhada e fiscalizada por um profissional habilitado. A produção dos projetos também facilita a orçamentação para empréstimos financeiros e compras de materiais. Pode-se contratar empreiteiros de obras ou construtoras para a execução da casa, nessa fase é importante exigir notas fiscais dos prestadores de serviço, pois as mesmas geram abatimentos nos impostos na hora de requerer o habite-se ao final da obra.

Thales Filipini Righi

Arquiteto e Urbanista

Mestre em Engenharia Civil

Professor de arquitetura da CEUNSP – Salto, UNIP- Jundiaí e Etec Vasco Antonio Venchiarutti

Hélio Françozo Junior

Engenheiro Civil

Especialista em Gestão de Projetos - FGV

Professor de engenharia da CEUNSP – Salto, UNIANCHIETA - Jundiaí e Etec Vasco Antonio Venchiarutti

Palavras-chave: arquitetura, arquitetura de interiores, Construções, Engenharia, Engenharia E Construções, projeto arquitetônico, Projetos De Casas, Projetos Residenciais

Contatar FR Engenharia Arquitetura e Construções Ltda

Email

Imprimir esta Página