Controle Integrado de Pragas

Por: Desinsect Controle de Pragas  19/11/2010
Palavras-chave: Controle De Pragas, Controle de Pragas Urbanas, Empresa Dedetizadora

As pragas provocam danos ao homem desde tempos remotos, não só pelo risco à saúde que representam através de doenças transmitidas, mas também pelos estragos que causam, na estocagem dos alimentos, nas contaminações de embalagens, produtos e ambientes.

Inicialmente, com a descoberta dos produtos químicos tóxicos no século passado, o controle de roedores passou a ser efetuado com raticidas preparados à base de arsênico, estricnina e outros poderosos venenos. Sua eficiência foi relativa, pois traziam perigos graves à saúde humana e animal, já que também são tóxicos para outras espécies.

Um salto qualitativo foi dado com a descoberta dos anticoagulantes específicos, capazes de matar por hemorragia interna após certo período de ingestão. O desenvolvimento de novos produtos levou aos raticidas de ação crônica ou dose única, de ação mais rápida do que os anteriores, de dose múltipla. Os mais perigosos, de ação aguda, por não disporem de antídotos, são proibidos.

O controle químico requer muita atenção, pois envolve manipulação de princípios ativos que exigem conhecimentos técnicos e cuidados de segurança. A introdução desse serviço só deve ser feita se houver garantias de evitar re-infestações posteriores e realizado por pessoal treinado e competente.

O uso indiscriminado dos praguicidas químicos, entretanto, usualmente acaba gerando efeitos colaterais. Falhas nas técnicas de aplicação, uso de equipamentos inadequados ou a falta de seleção criteriosa dos princípios ativos podem levar a reduções aparentes de focos, que ressurgem após períodos de descontinuidade dos cuidados iniciais. Concentrações dos produtos abaixo ou acima do recomendado pelos técnicos acarretam em longo prazo, adaptação das pragas aos efeitos tóxicos. Isso também ocorre quando não há um rodízio tecnicamente programado de princípios ativos.

Felizmente, com as necessidades cada vez maiores de atendimento aos requisitos de qualidade, saúde, segurança e ecologia, surgiram conceitos mais atuais, que cumprem as necessidades de combate às pragas e a preservação dos aspectos de proteção a produtos, ambientes e ao homem.

A implantação de um sistema efetivo de monitoramento, onde os registros técnicos são devidamente documentados é importante. São os históricos de cada instalação que irão determinar os parâmetros de coordenação e ajuste do Programa Integrado.

A necessidade do desenvolvimento de mercado estimula parcerias e intensifica as relações técnicas. O atendimento às premissas de produtividade (custo x danos x eficácia) e minimização de riscos à Qualidade e Ecologia são imprescindíveis. Tolerância zero para contaminações!

Apesar de todos os itens serem importantes, é o Monitoramento a chave do sucesso do Controle Integrado. Através dele, definem-se as melhores ações preventivas, os detalhes das inspeções de controle e as técnicas de tratamento, equipamentos e produtos mais eficazes para o conjunto de ocorrências. É no monitoramento que se detectam as tendências de focos e danos, obtém-se os custos e os não prejuízos, enfim, a estratégia da guerra contra as pragas.

 

Palavras-chave: Controle De Pragas, Controle de Pragas Urbanas, Controle Integrado De Pragas, Empresa De Dedetização, Empresa Dedetizadora, serviços de dedetização

Contatar Desinsect Controle de Pragas

Email

Imprimir esta Página