Perito Judicial Civel ou Criminal Grafotécnico e outros...

Perito Judicial Civel ou Criminal Grafotécnico e outros... de Perito Judicial Civel ou criminal

Por: Perito Judicial Civel ou criminal   19/10/2009
Palavras-chave: Serviços Jurídicos, Assessoria, criminal

 Perito Grafotécnico,Grafologico,documentoscopia,fotocopias, civel e criminal

Serviços O Cristiano Santoro faz Perícias é uma perito especializado que apóia a condução de estudos e investigações científicas e tecnológicas além de exames e laudos nos âmbitos administrativos, arbitral ou judicial. Dentre as diferentes situações em que os profissional atuam, destacam-se: Perícias Judiciais Criminais Grafofologico Grafotécnica Falsidade Documental Crimes de Computadr Laudos e Pareceres Perícia Judicial ou Cível A Justiça brasileira tem como divisão básica a respectiva área de competência onde atua. Nesse modelo estrutural, temos a principal divisão orgânica em Justiça Federal e Justiça Estadual. A partir da tipificação dos delitos no Código Penal e Código Civil, onde está estabelecida a sua competência, cada segmento da Justiça (Federal ou Estadual) será acionada de acordo com a sua competência jurisdicional. Se o delito for classificado como de competência federal, caberá à Justiça Federal julgá-lo. Da mesma forma, quando o delito for estadual, será julgado pela Justiça Estadual. Outro aspecto importante para a nossa compreensão inicial é quanto à divisão da Justiça Criminal e Justiça Cível. Na esfera da Justiça Cível estão todos os delitos praticados contra o patrimônio, bens ou qualquer valor de outrem, cabendo à parte prejudicada acionar a Justiça para ter seu direito reparado. Portanto, é o próprio lesado em seu direito o titular da ação. Existem várias outras subdivisões dentro do sistema judiciário; no entanto, para nossa compreensão, basta a abordagem dessa divisão da Justiça brasileira. Grafotécnica É a parte da Documentoscopia (Falsidade Documental) que estuda as escritas com a finalidade de verificar se são autênticas e, em caso contrário, determinar a sua autoria. A Perícia Grafotécnica tem recebido diferentes denominações, como grafística, grafocinética e perícia gráfica. Devido ao espírito policial que se constitui a documentoscopia, ela não se satisfaz com a prova de inautenticidade de uma escrita, mais busca também identificar o seu autor. Este aspecto a distingue de muitas outras disciplinas relacionadas com a escrita, como a grafologia - estudo da personalidade do homem através do gesto gráfico -, e a paleografia - estudo das escritas antigas. Documentoscopia ou Falsidade Documental A Documentoscopia é a parte da criminalística que estuda os documentos para verificar se são autênticos e, em caso contrário, determinar a sua autoria. Se distingue de outras disciplinas, que também se preocupam com os documentos, porque ela tem um cunho nitidamente policial: não se satisfaz com a prova da ilegitimidade do documento, mas procura determinar quem foi o seu autor, os meios empregados, o que não ocorre com as outras. Divisão Grafotécnica; Mecanografia; As alterações de documentos; Exame de moedas metálicas; Exame de selos; Exame de papel-moeda; Exame de papéis; Exame de tintas; Exame de instrumentos escreventes; Outros exames relacionados. Crimes de Computador Com o aumento do uso da tecnologia, se tornou comum possuirmos um grande número de informações em formato eletrônico, com isso surgiu o interrese dos criminosos, que tem conhecimento de que informação é poder, desta forma nasceram os crimes eletrônicos ou crimes cibernéticos, que até então não haviam sido apreciados pelo poder judiciário (desembargadores, juizes, promotores e advogados), mesmo não tendo leis para orientar na aplicação das punições cabíveis em tais práticas, com isso tanto os juizes, como advogados se viram diante de uma nova modalidade de crime, chamados de ataques eletrônicos, crimes cibernéticos ou cybercrimes. Tendo a necessidade de identificar os autores destes crimes, através de evidencias, muitas das vezes na internet, tornando a descoberta dos culpados muito difícil, pelo fato de as evidencias estarem ocultas na rede mundial de computadores, onde de qualquer lugar do mundo, podem ser acessadas e a qualquer momento. História Para colaborar na solução destes processos legais e melhorar a localização das evidencias, os especialistas em segurança da informação elaborarão o conceito de Computação Forense. A denominada “perícia forense computacional” apesar de recente, é uma das práticas que mais cresceu na área de segurança da informação nos últimos anos, tem como objetivo investigar os supostos ataques aos sistemas de informação, com o fim de receber respostas as seguintes perguntas: Quem perpetrou o ataque (qual é seu endereço internet)? Como se deu o ataque (quais ferramentas foram utilizadas, que falha ou vulnerabilidade de segurança foi utilizada pelo atacante)? Qual a razão do ataque (qual foi o nível de destruição do ataque)? A prática existe nos EUA há alguns anos, mas, aqui no Brasil, apesar de profissionalmente o mercado ser promissor, o assunto ainda é novo. O país ainda conta com poucas pessoas especializadas, mas a procura por profissionais que conheçam a técnica cresce consideravelmente. Nos Estados unidos, esta atividade já existe há anos, sendo no Brasil ainda recente, mais com crescimento gradual, devido ao aumento de julgamentos destes tipos de crimes, o brasil ainda não conta como uma legislação especifica para a elaboração de laudos periciais das evidencias em casos civis e corporativos. Laudos Perícias e Pareceres Técnicos O Laudo Pericial é um documento processual de fundo técnico, científico ou artístico que se presta à Autoridade Policial como peça fundamental na elaboração do Inquérito Policial; ao Promotor Público a fim de lhe oferecer meios para a tipificação da infração penal e determinação de sua autoria ou como fundamento para peticionar-se o arquivamento do caso; ao Juiz Criminal e Cível como autêntico subsídio para a formação da convicção e conseqüente determinação da sentença; ao Perito Criminal e Judicial como fonte de orientação e de recursos para a produção da prova perícial, por meio da apreciação, interpretação, descrição escrita, perpetuação, autenticação dos vestígios e emissão de juízos valorativos; e ao Advogado Criminal ou Cível, na exploração de meios para salvaguardar os interesses do indivíduo envolvido em questão de ordem judiciária . O Laudo Pericial é um documento escrito que deve ser elaborado com clareza, precisão, simplicidade e correta propriedade vocabular, considerando que se destina a leigos em matéria técnica, científica ou artística. Elenca os dispositivos legais que regem a perícia, lembrando que o legislador deixa ao arbítrio do Perito não só a condução de seus trabalhos, como também sua forma de apresentação, determinando, contudo, nas entrelinhas das leis adjetivas, que esta peça processual deva ser minuciosa, circunstanciada, concludente e ordenada, a fim de oferecer toda gama de subsídios àqueles que deverão, ou poderão, dela valer-se. Conceitos LAUDO PERICIAL Constitui um documento processual oficial que se caracteriza por ser peça retrospectiva, isto é, referese a fatos passados, sejam infrações penais ou irrelevantes penais, cabendo ao Perito definir se o evento tem ou não interesse à justiça. PARECER OU CONSULTA Constitui um documento de caráter processual oficioso, elaborado por especialista na matéria, representado pela emissão de juízos valorativos sobre laudo oficial. Matérias Perícias Peritos Fraudes Pedofilia Crimes Digitais Terrorismo Digital Roubo de Identidade Pirataria de Software FALE COM O PERITO TEL:(021) 4104-2927 / 8213-4758 E-MAIL:[email protected], [email protected] MSN: [email protected]

Palavras-chave: Assessoria, criminal, Perito Judicial Civel ou Criminal ou Grafotécnico, Serviços Jurídicos,

Contatar Perito Judicial Civel ou criminal

Website - nenhum fornecido

Email

Imprimir esta Página