Terapia de Casal

Por: Psicóloga Renata de Azevedo  06/01/2011
Palavras-chave: qualidade de vida, psicologia, Psicoterapia

O objetivo da terapia de casal é a mudança na interação entre o casal.

 

Com o passar da euforia do início da relação, em que todos os problemas e defeitos são relevados e que “tudo são flores”, comportamentos que no início eram considerados como agradáveis ou “bonitinhos”, depois de certo tempo, podem passar a ser enxergados como grandes defeitos para o outro. E defeitos que eram considerados não graves ou suportáveis, podem passar a ser vistos como insuportáveis. Assim, formas de se relacionar que eram eficazes no início do relacionamento passam a não ser mais e o casal precisa arrumar novos meios de se relacionar, se reestruturando. A irritação, a intolerância, a mágoa, a impaciência, etc. podem fazer com que o casal tenha dificuldades nessa reestruturação.     

 

Questões do dia-a-dia influenciam constantemente na relação de um casal e, muitas vezes, isso gera brigas, desgastando a relação ou causando outros problemas, como sexuais. 

 

Problemas também podem surgir quando um dos membros se sente controlado em demasia, ou dependente, ou incompreendido, ou inseguro, ou não amado o suficiente, ou se sente prejudicado pelo ciúme do outro, etc. Estas questões muitas vezes acontecem porque o relacionamento entre o casal se transforma em uma briga pelo poder (como, por exemplo, poder financeiro, quem manda mais, quem controla mais, etc.) ou porque as pessoas tendem a repetir em seus relacionamentos adultos, o que faziam em seus relacionamentos infantis e/ou adolescentes.

Palavras-chave: Analista, Atendimento Psicologico, Psicologa, Psicóloga, psicologia, Psicologia Clínica, Psicólogo, Psicoterapia, qualidade de vida, Saúde Mental, Terapia, Terapia De Casais, Terapia De Casal, Terapia De Familia, Terapia De Grupo, Terapia Familiar, terapia individual, Transtornos Psiquiátricos

Contatar Psicóloga Renata de Azevedo

Email

Imprimir esta Página