Uso de produtos inadequados compromete a cobertura de empreendimentos

Uso de produtos inadequados compromete a cobertura de empreendimentos de Comatel Metálica

Por: Comatel Metálica  02/03/2012
Palavras-chave: telhas, Coberturas Metálicas

As telhas de alumínio são materiais passíveis da corrosão galvânica, que quando não observado na hora da fixação e instalação, podem prejudicar e comprometer o material aplicado. Trata-se de um processo corrosivo que ocorre quando há o contato entre o alumínio das telhas com o aço da estrutura onde estão apoiados os fixadores. “O contato destes materiais diferentes somados a presença da água ou umidade, formam uma pilha ou célula de corrosão, com a circulação de elétrons na superfície metálica”, explica Arnaldo Martello, supervisor técnico da Hard. Entre as medidas para evitar a corrosão está o uso de materiais isolantes entre os diferentes metais: no caso das terças utilizam-se fitas anticorrosivas como a INSUTAPE ou os fixadores autoperfurantes, com o revestimento Ecoseal, que funcionam como isolantes, protegendo tanto a telha de alumínio quanto o fixador da corrosão. Apesar de as telhas de alumínio ser um produto antigo e bastante conhecidas e o assunto ser já ser bastante difundido ainda muito precisa ser esclarecido, avalia Martello. Recentemente uma nova chapa de Zincalume/Aluzinc passou a ser utilizada na fabricação das telhas. Está chapa de aço é revestida com uma camada de alumínio-zinco, aplicada pelo processo de imersão a quente. O revestimento é constituído em peso por 55% Al, 43,5% Zn e 1,5% de Si e oferece um balanço otimizado entre a resistência à corrosão por uma barreira de alumínio e a proteção galvânica do zinco. Porém, a alteração não influenciou e a corrosão galvânica persiste, pois por conter em seu revestimento a presença dominante do alumínio, os mesmos cuidados tomados com as telhas de alumínio deveriam ser tomados com as chapas de Zincalume/Aluzinc. Na prática o que se percebe é que as telhas de Zincalume/Aluzinc são utilizadas muitas vezes sem nenhum tipo de isolamento no apoio às terças de aço. E ainda mais comum é a utilização de fixadores sem nenhum revestimento especial para esta situação, ou ainda com revestimentos de baixíssima qualidade. O que acontece é que com o passar do tempo à prática do uso incorreto provoca problemas de corrosão galvânica em coberturas de todas as regiões do País. “O problema na maior parte das ocorrências se dá pela falta de informação apenas, pois as medidas preventivas como o uso da Insutape e de fixador com revestimento Ecoseal praticamente não altera o custo total da cobertura”, esclarece Martello. “Com medidas simples e de baixo custo é possível ter um impacto muito grande na longevidade da cobertura”, finaliza. Fonte: Arnaldo Martello – Supervisor de Vendas do Grupo Hard

Palavras-chave: Coberturas Metálicas, telhas

Outras notícias e atualizações da Comatel Metálica


04/08/2011

Construção de Mezanino: Estrutura Metálica X Concreto

Estrutura Metálica a Solução mais rápida e eficiente!