Livro Pena combatente - Eça de Queirós e o jornalismo como profecia: a crise de 1882 no Egito...

Livro Pena combatente - Eça de Queirós e o jornalismo como profecia: a crise de 1882 no Egito... de Booklink Publicações

Por: Booklink Publicações  15/07/2011
Palavras-chave: digital, Política, Publicações

 

Pena Combatente - Eça de Queirós e o jornalismo como profecia: a crise de 1882 no Egito, semente da revolta de 2011
José Maurício Saldanha Álvarez
Booklink editora
244 páginas | 21 cm
ISBN 978-85-7729-105-2
Assunto: 1. Eça de Queirós. 2. Comunicação – jornalismo, reportagem, notícia. 3. História. 4. Política. 5. Egito – Canal de Suez, crise de 1882, revolta de 2011. 6. Orientalismo. 7. Imperialismo.

Alexandria, Praça dos Cônsules, 1882. Cairo, Praça Tahrir, 2011. Duas datas. Dois cenários. Entre eles, há uma distância de 129 anos, ao longo dos quais o Egito e seu povo viveram trajetória marcada pela opressão interna e externa. Tão longo interregno não foi suficiente para sufocar o anseio por liberdade. Seria imperdoável, editorialmente, perder a oportunidade de registrar o quanto o foco deste livro – a revolta de 1882 – tem a ver com a “primavera árabe” que começa a despontar. As grandes revoluções que se disseminaram pelo mundo desde os finais do século XVIII não apenas o tornaram atualmente menor, mas interdependente e em comunicação direta entre todos os seus atores. Resulta daí uma trama tão solidária entre os protagonistas que um evento traumático ocorrido num país, imediatamente se reflete na totalidade. Dessa maneira, se ninguém era uma ilha, na alta modernidade não mais se pode viver isoladamente. A modernidade como um processo foi alicerçada e disseminada graças à sua agenda inauguradora comportando tanto a revolução industrial como o novo ideário político inclusivo. Se ela disseminava tecnologias, disseminava igualmente os direitos humanos, a autodeterminação dos povos, a noção de alteridade, a democracia e uma palavra totalizante que se gastou numa prática autoritária monocrática: república.

Palavras-chave: digital, Política, Publicações

Contatar Booklink Publicações

Email

Imprimir esta Página

Outros produtos e serviços de Booklink Publicações

Livro Filosofia e história da biologia 5.2 de Booklink Publicações miniaturas
10/06/2011

Livro Filosofia e história da biologia 5.2

Dando prosseguimento à série de volumes intitulada Filosofia e História da Biologia, o volume 5, número 2 contém 10 trabalhos que foram submetidos para publicação e foram selecionados após passarem por arbitragem. Os artigos que tratam especificamente de História da Genética Clássica, História da Biologia Molecular, História da Evolução nos séculos XIX e XX, História da Paleontologia no Brasil, Filosofia e História da Neurociência, Bioética, História e Filosofia da Ciência no Ensino e interface


Livro As guardas municipais no Brasil de Booklink Publicações miniaturas
11/02/2011

Livro As guardas municipais no Brasil

Assunto: 1. Ciências sociais. 2. Polícia - Brasil. 3. Segurança pública - guardas municipais.


Livro O inquérito policial no Brasil de Booklink Publicações miniaturas
11/02/2011

Livro O inquérito policial no Brasil

O inquérito policial no Brasil Realizado em cinco capitais brasileiras, Brasília, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife e Belo Horizonte,


Livro Comigos de mim de Booklink Publicações miniaturas
11/02/2011

Livro Comigos de mim

Ensaísta, tradutora e pianista, Rachel sempre se mostrou pródiga no seu amor à arte e múltipla nos domínios tanto do afeto como do ofício. Agora, passados quinze anos desde a primeira edição de Comigos de Mim, seus poemas ressurgem com asas de fogo, redivivos, para saudar mais uma vez os mistérios do tempo nesse instante em que a alma, saudosa da eternidade, roça uma “franja de infinito”. MARIANA IANELLI


Livro O feminismo é um humanismo de Booklink Publicações miniaturas
10/02/2011

Livro O feminismo é um humanismo

 Da mesma maneira que não se pode admitir o racismo, também não se pode tolerar a preponderância de um sexo sobre o outro. Já se foi o tempo em que se considerava - até de modo grosseiro e agressivo - a mulher como um \'animal de cabelos longos e idéias curtas\'. Hoje a mulher conquista, a duras penas, os lugares mais eminentes da sociedade, que, apesar de tudo, necessita ser ultrapassada. É assim que se faz mister entender o feminismo, ou seja, como um verdadeiro humanismo, dentro de uma s


Livro Cuba - apesar do bloqueio de Booklink Publicações miniaturas
10/02/2011

Livro Cuba - apesar do bloqueio

  Afinal, quem está bloqueada? Cuba ou nós? Mais do que revelar novidades sobre a ilha, este livro revela algo que deveria nos indignar: nós, sim, estamos bloqueados por terra, mar e ar pela rede de desinformação mais cínica jamais decretada, financiada e armada pelos Estados Unidos neste século. Por fim, não posso deixar aqui de discutir com o autor sobre um receio que ele confessou. Lá pelas tantas, ele diz que o seu trabalho tem limites, porque são impressões de quem passou apenas 20 di