Microchipagem Animal

Por: Laboratório Diagnovet  17/05/2011
Palavras-chave: Veterinário, Animal De Estimação, laboratório

A identificação de animais é uma tecnologia que consiste em implantar sob a pele do animal. O sistema, ao contrário do que parece, é simples, com uma seringa, o veterinário injeta o pequeno "RG" sob a pele do animal. Um microchip inofensivo e do tamanho de um grão de arroz que trará todas as informações necessárias do animal. Esta tecnologia, bastante difundida no Brasil e no mundo. O chip pode ser utilizado em vários animais: cães, gatos, cavalos, bois, roedores, peixes, aves, cobras, entre outros.

     Com um aparelho específico para a leitura do chip, rapidamente é possível saber o número de identificação do animal e através do site , obter as informações sobre o animal e a quem ele pertence. O serviço, que vem conquistando mercado, é oferecido pelo e representa mais tranquilidade para os donos em caso de perda dos animais. É também uma alternativa para quem vai viajar para o Exterior e tem que provar que o animal está vacinado.

     O microchip é um minúsculo objeto eletrônico pouco maior do que um grão de arroz, que se coloca no animal através de uma injeção sub-cutânea, através de um procedimento tão simples quanto o da vacinação.

Dentre as várias vantagens, a maior é a possibilidade de identificar, de maneira inviolável, os animais através de uma seqüência numérica única no mundo. Este número é cadastrado em um banco de dados online do SIRAA e contém as informações tanto do respectivo animal como do proprietário e pode ser identificado através de um aparelho leitor manual.

     Assim, por exemplo no caso de um cão encontrado perdido ao efetuar a leitura do chip através do leitor manual, operação que pode ser feita por um veterinário, é possível obter a identificação do proprietário do cão com grande facilidade e rapidez.

     Em termos legais, a microchipagem já é obrigatória em São Paulo, Rio Grande do Sul e também em grande parte dos países do mundo, principalmente quando o animal viaja. Embora em nosso Estado ainda não seja obrigatório por lei "chipar" os nossos animais, há muitas vantagens em proceder à sua identificação por este processo.

     Principais vantagens da microchipagem em animais:

  • Facilidade de identificação do proprietário na circunstância de o cão se encontrar perdido;
  • Identificação inequívoca do cão em caso de roubo;
  • Não necessita de manutenção;

Além disso, o uso do chip para rastreamento no campo rural, em bovinos e cavalos, é de grande importância não apenas para seu controle, mas também é fundamental para abrir caminho ao mercado internacional, principalmente na União Européia, que só aceita gado monitorado.

Palavras-chave: Animal De Estimação, laboratório, Laboratorio De Analises, Laboratorio De Analises Clinicas, microchipagem animal, Veterinário,