Camisa Fala Pará - coleção Regional

Camisa Fala Pará - coleção Regional de Arte Papa Xibé

Por: Arte Papa Xibé  21/02/2011
Palavras-chave: Camisas regionais

 

A linguagem no Pará possui um extenso vocabulário bastante peculiar do jeito de ser paraense.  Confira  alguns:

ACOCADO= agachado

ARREMEDAR = imitar.

APURRINHAR= chatear, perturbar

BORIMBORA! = vamos em boa hora

BORÓ= dinheiro

BUIADO = endinheirado

CABOQUICE = adjetivo que diminui algo.

CATIROBA= garota fácil, que fica com qualquer rapaz.

CHIBÉ = farinha misturada com água

ÉGUA = vírgula do paraense, usada em todas as concordâncias.

EMPIRIQUITADO= muito arrumado, bem vestido.

ESBANDALHAR = quebrar, dar fim

ESPIA = olha (ironizando)

IGARAPÉ = córrego, pequeno curso d’água.

ILHARGA= ao redor, em volta.

MALINAR = fazer maldade com alguém.

MUFINO = adoentado, triste, abatido.

MURRINHA = preguiça.

PAI D'EGUA = legal, ótimo, maravilhoso.

PANEMA = azarado, sem sorte

PAPA-CHIBÉ = paraense autêntico

PAVULAGEM = metidez, frescura

PERSEGUIDA= apelido do órgão sexual feminino

PISSICA= desejar má sorte a alguém, torcer contra.

PITIÚ OU PIXÉ= cheiro de característico de peixe

PIQUENOZINHO= pessoa enxerida ou bisbilhoteira.

PÔ-PÔ-PÔ = embarcação típica dos rios da Amazônia

POTOCA = papo furado, mentira

PORRUDO= muito grande

RABIOLA= pipa, papagaio  de papel.

TEBA= grande

TOMA-LHE-TE = toma-te com mais ênfase.

TORÓ = chuva muito forte.

TUÍRA = pó da pele de quem não toma banho direito!

VISAGEM = fantasma, assombração.

Palavras-chave: Camisas regionais